Os Banqueiros P.I.M.P.
Março 31, 2010, 2:58 pm
Filed under: HQ | Etiquetas: , , ,

Esses dias estava conversando pelo msn e vi o tanto de coisas que ja comecei e desisti. Desenho, bateria, futebol, judô, aula de japonês, nenhum desses trunfos consegui finalizar, alguns não passaram do primeiro mês.

Com histórias em quadrinhos/tirinhas/animações é o mesmo caminho, são tantas idéias que não foram pra frente que poderia lançar um livro com histórias de uma página. Este é um exemplo de tira que comecei a fazer, mas parei, OS BANQUEIROS PIMP, dois banqueiros montados na grana que são do gueto, pelo menos acham.   Ye motherfucker, put your hands to the ar.

……………………………………………………………

VIVA O LADO MOLOTOV DA VIDA!!!



Animação
Março 22, 2010, 2:47 pm
Filed under: Animações | Etiquetas: , , ,

Nova animação que fiz com áudio do programa fogo no rádio, que é apresentado pelo Caco Galhardo, Reinaldo Moraes  e Ana Pands. O programa é muito bom e eles estão quase sempre “alterados”. A entrevista que eles fizeram com o Adão Iturrusgarai foi uma das melhores que ja ovui. Esta animação foi feita com o áudio da abertura do podcast.

Para quem quiser ouvir o programa: http://www.radio.uol.com.br/#/programa/fogo-no-radio

VIVA O LADO MOLOTOV DA VIDA!!!



Bye Bye Verão
Março 20, 2010, 9:03 pm
Filed under: Desenhos | Etiquetas: , , , ,

O verão está indo embora e o outono chega hoje. Tomara que este calor desapareça também.

VIVA O LADO MOLOTOV DA VIDA!!!



A última palavra em fashion.
Março 19, 2010, 3:06 pm
Filed under: Desenhos | Etiquetas: , , ,

Novo desenho feito com base na foto de uma modelo dessas revistas de moda. Gostei do resultado final até.

Uma ilustra para deixar o ambiente um pouco mais fashion e tirar essa agressividade, rs.

VIVA O LADO MOLOTOV DA VIDA!!!



Que merda
Março 12, 2010, 1:13 pm
Filed under: 1 | Etiquetas: , , ,

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2010/03/12/cartunista-glauco-e-assassinado-em-osasco-na-grande-sao-paulo.jhtm

Que merda cara, onde  isso vai parar. Pelo menos deixou a sua marca e será lembrado para sempre por todo muleque pervertido que for ler Geraldão.